“O árbitro e a escola” além dos conhecimentos sobre futebol

  • -

“O árbitro e a escola” além dos conhecimentos sobre futebol

Categoria : Notícias Principais

Atividades do projeto continuam nesta terça-feira, 04, em duas escolas municipais. No domingo, cerca de 500 jovens e crianças irão assistir o jogo entre Atlético e Goianésia no Olímpico

Nesta terça-feira, 04, a E.M. Walterloo Prudente, no Bairro Goiá e a E.M. Marco Antônio Batista, no Setor Estrela Dalva, recebem as atividades do projeto “O árbitro e a escola. Estas serão a terceira e quarta escola visitas pela iniciativa que leva os árbitros de futebol ao ambiente escolar.

O objetivo é incentivar a prática de atividades esportivas saudáveis, a prevenção ao uso de drogas e a violência, além, claro, conhecimento sobre futebol e regras do jogo mais popular do mundo.

O projeto é realizado pelo Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de Goiás (Safego) em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) e a Federação Goiana de Futebol (FGF). Na primeira fase, os árbitros vão até as escolas com palestras, recreações e atividades que lembram a rotina dos jogos de futebol.

Já no final de semana, domingo, 09, é a vez dos alunos irem a campo, literalmente, com a ida ao estádio Olímpico, para acompanhar a partida entre Atlético e Goianésia, pela última rodada, da fase de classificação do Campeonato Goiano 2017.

Lá, eles terão a oportunidade de conhecer todo o estádio, assistir a um jogo de futebol, muitos pela primeira vez, e sentir a emoção dos bastidores com direito a um lugar reservado para a formação de uma torcida especial, pela paz e pelos homens do apito e das bandeiras.

Após a experiência, será a hora de contar tudo o que viram e aprenderam para os professores. Um aluno de cada escola será escolhido para entrar em campo na final do Goianão 2017 e poderá ver de bem perto tudo que rola numa decisão.

Visita a E.M. Honestino Monteiro Guimarães

Nesta manhã, 03, o projeto foi até a E.M Honestino Monteiro Guimarães, localizada no Jardim Aritana, e contou com apresentações de vídeos, bate-papo com os alunos sobre curiosidades do futebol e da arbitragem além de uma aula prática de gestos e equipamentos utilizados pelos árbitros.

Por coincidência, a unidade tem no quadro de professores, Gustavo Almeida, preparador físico dos árbitros goianos que pôde com isso, falar com mais propriedade sobre o trabalho realizado por ele e a importância da arbitragem de futebol. “Ficaram bem curiosos e impressionados com a intensidade das atividades realizadas. Talvez isso desperte o interesse e daqui surjam novos árbitros”, destaca.

Aluna do 7º ano do ensino fundamental, Dulce Maria, 12, acompanhou atentamente as atividades do projeto na escola e comentou que está feliz por ir a um estádio pela primeira vez. “Sempre quis assistir um jogo de futebol, mas nunca tive esta oportunidade porque a família não costumo ir aos estádios”, afirma.

Já o Matheus da Silva, 11, do 6° ano, já foi ao estádio, mas ainda não conhece o Estádio Olímpico. “Tivemos a oportunidade de conhecer o trabalho e a importância dos árbitros e falar sobre o comportamento que devemos ter nos jogos, como evitar xingamentos e ajudar a combater a violência”, comenta.

O diretor da instituição, Danilo Souza Santos, ressaltou que o projeto traz o mundo do futebol visto por que comanda uma partida, o árbitro. “Tudo remete a questões de respeito e valores, pois as regras no campo, não são muito diferentes da nossa sociedade. Após a visita, fica tudo mais claro e lúdico para eles, sem contar na disposição pois a maioria gosta muito de futebol”, destaca.

Serviço
Assunto: Atividades do projeto “O árbitro e a escola”
Data: 04/04/2017 ( Terça-feira)
Horário e Locais: 8 Horas – E.M. Waterloo Prudente – Avenida Felipe Camarão, número 774, Bairro Goiá.
10 Horas – E.M. Marcos Antônio Dias Batista –Rua 15 de novembro, s/n, Setor Estrela Dalva.